Infinite Dreams - Maior fórum brasileiro do Maiden
Bem-Vindo ao fórum Infinite Dreams, o maior fórum brasleiro dedicado a banda Iron Maiden.
Caso você ainda não seja registrado no fórum registre-se, registrando-se você terá acesso livre a todas as áreas do fórum. Mas se você já estiver cadastrado no fórum efetue o login.



 
InícioP.O.R.T.A.LCalendárioFAQBuscarRegistrar-seMembrosGruposConectar-se

Compartilhe | 
 

 [REVIEW] - BLAZE EM MARINGÁ PROMISE AND TERROR TOUR 2010

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Fernando "Ilúvatar"
ADMINISTRADOR
avatar

Número de Mensagens : 2096
Pontos : 4562
Reputação : 16
Data de inscrição : 20/01/2008
Idade : 34
Localização : Valinor

MensagemAssunto: [REVIEW] - BLAZE EM MARINGÁ PROMISE AND TERROR TOUR 2010   Ter Abr 13, 2010 11:46 am


O Teatro, todo feito de madeira, bem rústico, porém extremamente conservado, e com uma das melhores acústicas de toda a cidade, tem capacidade para aproximadamente 350 pessoas. Lotação máxima que,nessa segunda apresentação do vocalista na cidade, não foi esgotada, ao contrário do ano passado.

O evento com inicio para as 20:00 horasiniciou-se com cerca de 15 minutos de "atraso", se é que isso pode ser chamado de atraso.

A abertura da noite ficou por conta das headbangers locais da banda PANDORA. Sim! Eu disse, "as" headbangers. Composta somente por mulheres, a banda executou cerca de 4 músicas de autoria própria, que por sinal, são muito boas. Heavy Metal tradicional,sem vocais melosos, enjoativos. Estão de parabéns.

Ao final da apresentação das paranaenses, após cerca de alguns poucos minutos, os PA's soltam a introdução para a atração principal. "Madness and Sorrow",do mais recente album do vocalista, se incia para euforia geral dos presentes, seguida de "Voices From The Past". Super carismático, após saudar os presentes, Blaze anuncia a excepcional "City Of Bones", que é toda cantada pelos presentes. Do mesmo modo,"Blackmailer" e "Faceless".

Mostrando-sebem animado, o lendário vocalista se jogava em meio ao público mais próximo, abraçando-os, chamando todos para cantar consigo. "Smile Back At Death" foi bem recebida pelo público que, como nas outras, acompanhava o vocalista.

Destaque também para as clássicas "Blood And Belief", "The Launch", "The Brave".

A banda que acompanha o vocalista é a mesma da turnê que passou pelo país no ano passado, com exceção ao baterista Larry que, por problemas de saúde, não veio à américa do sul.

Os irmãos Nico e David Bermudez, e Jay Walsh, quepor sinal estava bem "louco", mostraram-se extremamente competentes e excelentes músicos. Com destaque ao baixista, David. Agitava e batia cabeça durante todo o show.

Blaze Bayley anuncia o próximo som, dizendo ser esse um som de uma banda da qual ele era extremamente grato efeliz por ter feito parte, usando de suas palavras, era um som "da banda de heavy metal mais importante do mundo". Do álbum "X-factor", do Iron Maiden, "Lord Of Flies" foi extremamente bem executada, levando à loucura os fãs, que ficaram ainda mais insanos com a rápida e poderosa "Futureal", também da Donzela de Ferro.

O querido e simpático vocalista mostrava-se cada vez mais solto na apresentação, e foi assim que executou, "Letting Go Of The World" e "Waiting For My Life To Begin". Músicas que, sem dúvida, assim como as de sua antiga banda, o Iron Maiden, foram o ponto alto do show. Talvez sejam essas as melhores músicas dos mais recentes álbuns do vocalista. A poderosa "The Brave" veio em seguida, introduzida com um discurso rebelde do vocalista, sendoofuscada pela fraca "Lead Of Faith", que talvez pudesse ser substituídapor alguma outra mais recente. O que viria em seguida seriam mais duas porradas na cabeça dos presentes. Após um discurso destruidor contra as grandes empresas fonográficas e um grito por liberdade, era a vez de "The Clansman", uma das melhores músicas do album "Virtual XI", do poderoso Iron Maiden. Sem perder tempo "Man On The Edge" agitou os fãs que imediatamente iniciram os "moshs pits" pela pista.

O final daapresentação se aproximava e então a melhor música, que dá ao album o mesmo nome, é tocada, "The Man Who Would Not Die". "The Robot" é a ultima antes da despedida, antes da banda voltar para o som final, "Kill And Destroy".

O show chegava ao fim, e o que os headbangers presentes puderem ver naquela noite foi a apresentação de uma banda totalmente dedicada e compromissada unicamente com a música e seus fãs, comandada por um homem extremamente carismático, humilde e profissional,chamado Blaze Bayley, que mostrou possuir uma carreira solo extremamente consistente e de qualidade, saindo cada vez mais da sombra da Donzela de Ferro e, conquistando cada vez mais seu espaço no cenário da música pesada.

Detalhe; o "man who would not die" atendeu a
todos os presentes após sua apresentação, assim como sua banda!

Fonte:whiplash.net Postado por Tiago Marques/IMB Notícias
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://ironmaiden.forum-livre.com/portal.htm
 
[REVIEW] - BLAZE EM MARINGÁ PROMISE AND TERROR TOUR 2010
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» 2011.03.08 - World War Tour: Sabaton + Nightmare + Gwydion + Drakkar - Corroios
» "The Immortal World Tour" in Brazil & South America" - Cirque Du Solei
» Tour: Bad World Tour
» Jennifer Batten (Guitarrista da Bad,Dangerous e History Tour) fala sobre Michael Jackson
» Epiphone EB-3 SG - Mini Review

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Infinite Dreams - Maior fórum brasileiro do Maiden :: - IRON MAIDEN :: - Maiden World-
Ir para: