Infinite Dreams - Maior fórum brasileiro do Maiden
Bem-Vindo ao fórum Infinite Dreams, o maior fórum brasleiro dedicado a banda Iron Maiden.
Caso você ainda não seja registrado no fórum registre-se, registrando-se você terá acesso livre a todas as áreas do fórum. Mas se você já estiver cadastrado no fórum efetue o login.



 
InícioP.O.R.T.A.LCalendárioFAQBuscarRegistrar-seMembrosGruposConectar-se

Compartilhe | 
 

 A BATALHA POR UM INGRESSO EM PORTO ALEGRE

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
R.O.D
ADMINISTRADOR
avatar

Número de Mensagens : 4797
Pontos : 5790
Reputação : 40
Data de inscrição : 08/09/2007
Idade : 25

MensagemAssunto: A BATALHA POR UM INGRESSO EM PORTO ALEGRE   Sex Dez 14, 2007 4:45 pm

A BATALHA POR UM INGRESSO EM PORTO ALEGRE


3 horas da madrugada do dia 10 de dezembro de 2007. Esse é o horário que chego ao bar Opinião, localizado na cidade baixa, região de tradicionais festas em Porto Alegre. O local já estava tomado por fãs do Iron e remanescentes do show do Krisiun, que ocorreu no mesmo local horas antes. Os ingressos estavam programados para ser vendidos a partir das 13 horas do mesmo dia e, como de sempre, a divulgação a respeito da data oficial foi péssima, pois a confirmação mesmo surgiu somente no sábado à tarde.

Consegui um lugar relativamente bom na fila (entre os 50 primeiros), já que muitos foram dispersando para comprar lanches ou porque voltariam mais tarde. Então comecei a conversar com o pessoal. O primeiro que encontrei foi Luiz Ody, de Porto Alegre, o qual havia chegado no Opinião à 1:30 da madrugada. "Cara, esse show vai ser demais. Não tem meu, esse show vai ser demais, virar a noite aqui e virar a noite pra garantir um bom lugar no gigantinho vai ser barbada, IRON ETERNO!!!!!!!!", gritava um muito bem acordado Luiz para os seguidores do Iron, que o acompanhavam com um sonoro MAIDEN, MAIDEN, MAIDEN.

Mais comedido, Frank Couto (Porto Alegre) comentou comigo de quando viu o Iron pela primeira vez em sua vida. "Velho, foi no gigantinho, 1992. Eu tava lá. Nem conhecia Iron, fui porque minha namorada da época me obrigou a ir. Foi algo fora de série. Desde então passei a curtir a banda e fui até no Rock In Rio pra ver eles. É um sonho, parece mentira que, depois de 16 anos, o Iron volta a tocar aqui em PoA".

De Caxias (cidade localizada a cerca de 200 km de Porto Alegre) vieram Vinicius Tomazzi e Hugo Oliveira. Ambos passaram a noite viajando, e chegaram ao Opinião a meia noite. "Cara, o gigantinho vai ser pequeno, tem que transferir", falava Hugo.

Com o lugar garantido, fui ver quem era o sortudo (ou guerreiro) do primeiro lugar. Totalmente concentrado, Léo (identificou-se somente assim) chegou no Opinião as duas da tarde do domingo, e dali só saiu com o ingresso na mão. "Cara, conheço Iron faz pouco, só 8 anos, mas desde que ouvi o Steve Harris, cara, minha vida mudou. Estou realizando um sonho recente, mas muito importante. Harris é Deus e não tem cara, o que eu fizer pra ver o Iron é pouco, por que sei que eles compensam esse esforço aqui". Léo saiu com o ingresso 002 (o 001 ficou com a banda) chorando e vibrando como se um título fosse conquistado.

Voltei para o meu lugar na fila (isso era umas 4 da manhã) e encontrei os irmãos Roger e Luziane Carvalho.

"Tchê, Iron meo, Iron. Vira a madrugada aqui, hahaha, é brincadeira, vou ver o Iron. O tempo passa rápido. A noite ta boa, a gurizada ta na parceria, ta tudo correndo bem. Vai ser um grande show", falava Roger muito entusiasmado. Luziane foi mais sensata: "o mano ouve Iron o dia inteiro, dai fico braba com ele mas tenho que admitir que o som da banda é bem interessante. Prefiro outros estilos, tais como Guns, U2, Bon Jovi, mas sei da importância que o Iron tem para a história da música, e sei que um show desses só acontece de vez em quando aqui no sul, portanto, vou pelo contexto histórico"

O dia raiou e a fila não parou de aumentar. Confesso que acabei dormindo das 7 da manhã até a hora que o primeiro "ABRIU, ABRIU" foi gritado (10 e pouco), mas era mentira. Ao meio-dia, debaixo de um sol escaldante (culpa do bar, que colocou uma fila sem significado justamente no sol, discriminação ao rock´n´roll estampada no ato), a bilheteria foi aberta. Léo parecia não acreditar. "É o melhor presente de Natal da minha vida". Seus amigos comemoravam junto a ele e todos na fila gritavam "MAIDEN, MAIDEN". Cada pessoa comemorava a aquisição de seu ingresso e, na minha vez não foi diferente. Adquiri o ingresso 000220 e o alívio e a certeza de que estava com algo que sempre pensei em ver estavam na minha mão foi incomensurável.

Sai do opinião exatamente 12:30, vindo direto para o meu trabalho. Agora a pouco liguei para lá e perguntei quantos ingressos foram vendidos, e eles disseram que já havia chegado em 2000 ingressos (ou seja, praticamente 1000 ingressos por hora). O número de ingressos colocados pra capital ainda é uma incógnita, mas lee está variando entre 13000 e 15000 ingressos. A previsão é de que até o inicio da tarde de amanhã (terça, 11/12) todos os ingressos sejam vendidos (inclusive aqueles que foram mandados pro interior do estado).

O certo é que o Gigantinho, como disse Hugo, vai ser pequeno para a donzela.

Up The Irons!

Texto: Mairon Machado

Fonte : Maiden Portal

----------------------------------------I-R-O-N--M-A-I-D-E-N----------------------------------------

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://ironmaiden.forum-livre.com
 
A BATALHA POR UM INGRESSO EM PORTO ALEGRE
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Onde Estão os Baixistas de Porto Alegre?
» Duvida - Luthier em Porto Alegre
» [REVIEW] Por que eu não recomendo a Vintage RS (Porto Alegre).
» Visita desatrosa às Lojas Milsons em Porto Alegre
» Frete de Recife para Porto Alegre e documentação necessaria.

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Infinite Dreams - Maior fórum brasileiro do Maiden :: - IRON MAIDEN :: - Maiden World-
Ir para: